"Sem o Trabalho as coisas úteis e agradáveis ou não existiriam ou não serviriam."
Padre Dehon

A familiaridade com a Palavra

Domingo, 06 de Setembro de 2015 - 11h29

Como bons discípulos missionários, vamos aproveitar o mês de setembro, dedicado a Bíblia, e iniciar um caminho novo.

               O profeta Isaías, homem fortalecido pelo poder de Deus, nos ensina um programa de vida bem simples para manter a familiaridade na presença do Deus vivo e ouvi-Lo: “Toda manhã Ele desperta meus ouvidos para que, como bom discípulo, eu preste atenção. O Senhor Deus abriu-me os ouvidos, e eu não fiquei revoltado, para trás não andei” (Is 50,4-5).

               No programa do profeta, a atitude fundamental é a disponibilidade em escutar o Senhor. Toda manhã, Ele desperta meus ouvidos.... Toda manhã, o profeta se colocava na presença do Altíssimo para ouvir sua Palavra, para iluminar seu dia, porque ele conhecia o poder e a força vivificante da Palavra de Deus. O encontro com o Deus vivo não era ocasional nem ocorria somente nos momentos mais importantes da vida, mas era um encontro diário: toda manhã.

               A familiaridade com a Palavra de Deus não nasce do acaso ou do simples desejo; é uma moção do Espírito Santo que nos anima e nos abre o coração e os olhos em direção à Palavra. E o Espírito Santo age no coração de todos, porque Deus quer salvar a todos, quer iluminar todos os homens e mulheres com a beleza de Sua Palavra. Então por que alguns têm facilidade com a Palavra e outros não? Por que existem pessoas que sentem a vontade de ler e meditar a Palavra de Deus, mas não conseguem?

               A familiaridade com a Palavra nasce da graça e do domínio da vontade, porque o Espírito Santo está animando a pessoa e Deus quer lhe falar no íntimo do coração, mas a falta de costume em parar e escutar o Senhor impede o diálogo através da Palavra. Da parte de Deus está tudo certo: Ele quer falar, mas nós, no caminho do diálogo, precisamos rezar, pedindo a Deus a graça de escuta-Lo, através do treino do ouvido, da educação do corpo e da vontade.

               O bom hábito (de toda manhã ou toda noite) é questão de treino, de persistência e de sã teimosia. Precisamos ter claro que, mesmo quando nossa mente está longe e o corpo reclame por outras atividades (aparentemente mais interessantes), devemos permanecer na atitude de escuta, com a Bíblia na mão e lendo, pausadamente, a Palavra do Senhor. A recompensa virá e, com o passar dos dias ou meses, poderemos dizer como Isaías: “O Senhor abriu-me os ouvidos”.

               Como bons discípulos missionários, vamos aproveitar o mês de setembro, dedicado a Bíblia, e iniciar um caminho novo, de familiaridade com a Palavra de Deus, dedicando um tempo a cada dia para que o Senhor desperte nossos ouvidos. Graças à Palavra, se a meditarmos diariamente, entraremos na própria vida de Cristo à qual somos chamados a testemunhar ao nosso redor.

Dom Sergio de Deus Borges - Bispo Auxiliar de São Paulo - Vigário Episcopal para a Região Santana

  • Relacionadas

  • Papa: coragem, oração e humildade para anunciar o Evangelho

    Quarta-feira, 15 de Fevereiro de 2017 - 07h44

    Necessita-se de semeadores de Palavra, de missionários, de verdadeiros arautos para formar o povo de Deus.

  • 13 de novembro - 15h

    Sexta-feira, 04 de Novembro de 2016 - 07h23

    O Ano Santo da Misericórdia terá sua conclusão em nossa Região Episcopal no dia 13 de novembro próximo, às 15h, na Igreja de Sant’Ana.

  • Ir ao encontro da família.....

    Domingo, 17 de Abril de 2016 - 14h41

    Jesus quer ir ao encontro dessas famílias para dar o Vinho Novo.

  • Eis a serva do Senhor!

    Quarta-feira, 13 de Maio de 2015 - 07h32

    A iniciativa da Virgem foi um gesto de caridade autêntica, humilde e corajosa, movida pela fé na Palavra de Deus.

  • Ir ao encontro da família.....

    Sexta-feira, 10 de Abril de 2015 - 08h18

    Jesus quer ir ao encontro dessas famílias para dar o Vinho Novo, porque jarras de água não são suficientes para um projeto autêntico de amor e de vida familiar.

Álbum de fotos

apoio
A
Copyright© candelaria.org.br. Todos os direitos reservados / All rights reserved.