"Não basta fazer bem aquilo que fazemos, é preciso fazê-lo com amor."
Padre Dehon

Eis a serva do Senhor!

Quinta-feira, 12 de Maio de 2016 - 14h19

Santa Isabel, iluminada pelo Espírito Santo, compreende a grandeza do amor de Deus que está se concretizando em Maria.

          A Virgem Maria, quando responde às palavras do Arcanjo Gabriel com o seu sim, sente necessidade de exprimir sua relação pessoal a respeito do dom que lhe foi revelado, dizendo: Eis a serva do Senhor (Lc 1,38).

          A resposta da Virgem Maria – serva do Senhor – se inscreve na perspectiva integral da História da salvação e da relação da Mãe e do Filho. O profeta Isaías já havia anunciado o ‘servo do Senhor’: ‘Eis que meu servo prosperará, crescerá e se elevará, será sumamente exaltado’ (Is 52,13). Maria, mulher conhecedora e praticante da Palavra, acolhe a profecia e antecipa, na anunciação do arcanjo, o que o seu Filho dirá muitas vezes de si, especialmente no momento culminante de sua missão: ‘O próprio Filho do Homem não veio para ser servido, mas para servir e dar a vida para resgatar a multidão’ (Mc 10, 45).

          Com a alegre notícia da realização das profecias, a Virgem corre ao encontro de sua prima e se põe a serviço, sendo causa de espanto até para a própria Santa Isabel que exclama: ‘Como me é dado que venha a mim a mãe do meu Senhor?’ (Lc 1,43). Santa Isabel, iluminada pelo Espírito Santo, compreende a grandeza do amor de Deus que está se concretizando em Maria e tem a convicção de que é ela que deveria servir à Mãe de Deus, mas vê a Virgem Maria que vem ao seu encontro para ajudá-la em sua necessidade. São Lucas relata com serenidade este serviço da Mãe de Deus, dizendo: ‘Maria ficou com Isabel uns três meses e depois voltou para casa’ (Lc 1,56).

          O assombro de Santa Isabel é semelhante ao assombro de São Pedro, quando o Senhor se põe a serviço dos Apóstolos, na última Ceia. Muitos ainda se espantam com tamanha simplicidade de Deus, de Seu Filho unigênito e da Virgem Santa. Mas esta é a lógica do novo Reino, é a lógica de Jesus. Acolher a Palavra, viver em união com o Filho que o Pai enviou ao mundo são atitudes que levam ao serviço aos irmãos e irmãs.

          Este serviço é parte do ser cristão, do ser discípulo missionário e devoto da Mãe de Deus, que é também nossa Mãe. A iniciativa da Virgem foi um gesto de caridade autêntica, humilde e corajosa, movida pela fé na Palavra de Deus e pelo estímulo interior do Espírito Santo. Quem ama esquece-se a si mesmo e coloca-se ao serviço do próximo. Eis a imagem e o modelo da Igreja! (Papa Bento XVI).

          Devotos da Virgem Mãe, discípulos missionários de Jesus Cristo como eu, aproveitando este mês dedicado especialmente a Nossa Senhora, vamos nos comprometer a verificar que tudo, na nossa vida pessoal, assim como nas atividades da comunidade, nas pastorais, movimentos e serviços, seja movido pela lógica do serviço ao Reino de Deus e aos irmãos e irmãs.

          Fora desta lógica, o homem e a mulher, criados à imagem e semelhança de Deus, não poderão realizar-se. Vamos conversar menos e trabalhar mais, anunciando corajosamente a Palavra de Deus e auxiliando os mais frágeis de nossas comunidades, como fez a Mãe de Deus. É o grande serviço que podem e devem fazer os devotos de Nossa Senhora, Mãe e Rainha do Brasil e de nossas famílias.

Dom Sergio de Deus Borges

  • Relacionadas

  • Dou graças ao senhor

    Domingo, 08 de Setembro de 2019 - 20h25

    Sou grato pela luz de Cristo que nos conduz e nos conduziu na missão na Arquidiocese, especialmente na Região Santana.

  • Ir além de pequenos projetos

    Segunda-feira, 26 de Agosto de 2019 - 05h06

    Somente Deus pode nos auxiliar a sonhar alto, a passar de projetos razoáveis e horizontais a grandes projetos.

  • Oração da Visita de Nossa Senhora

    Sexta-feira, 09 de Agosto de 2019 - 18h38

    Reze esta oração pedindo a visita de Nossa Senhora na sua casa.

  • Caríssimos dizimistas, não vos canseis de fazer o bem!

    Quinta-feira, 04 de Julho de 2019 - 08h38

    No momento atual, em meio a tantas situações difíceis no mundo e na igreja, vamos andar contra a corrente, porque nós dizimistas somos pessoas de fé, não nos deixamos contaminar pelo mundo nem pelas notícias ruins.

  • À gloriosa de Deus

    Sábado, 25 de Maio de 2019 - 13h45

    É verdadeiramente justo glorificar a Mãe de Deus, isenta de todo pecado.

Álbum de fotos

apoio
A
Copyright© candelaria.org.br. Todos os direitos reservados / All rights reserved.